Você vai errar ao contratar um LMS. 
E será caro.
Saiba como não cair nessa.

O que as listas de plataformas ead não te contam

EaD Corporativo e LMS: O que é e como funciona

O LMS está para a Educação Corporativa como esse computador, tradicional na década de 90, está para os eletrônicos

Antes de mais nada: 

 

Plataformas corporativas de educação a distância ajudam organizações a transportarem para o virtual tudo o que acontece em uma sala de aula. 

 

Assim conseguem treinar seus times.

 

O essencial é entregar o conteúdo, mas ainda assim é importante avaliar, fazer atividades e gerenciar todo o processo pedagógico. Algumas plataformas também ajudam com pagamentos, emissão de certificados e etc.

 

LMS (sigla para Learning Management System) é só outro termo para a mesma solução. 

 

Mas se ninguém entra para aprender, vale a pena?

É o que acaba acontecendo com um LMS.

Depois de anos nesta indústria e de já ter ajudado mais de 500 mil pessoas a aprender no EaD, entendemos que não.

A maldição do
"Eu não sabia"

Contratar um LMS é um erro caro porque a promessa nunca se realiza.

 

Demora para implementar, é caro e mais da metade do seu time não vai nem logar depois da primeira semana.

 

Porque é distante da rotina da sua empresa. Especialmente das empresas com colaboradores que não usam computadores no dia a dia (vendedores, promotores, atendentes, motoristas e etc).

 

Ninguém consegue investir 2-3 horas "livres" para entrar em um site ou aplicativo novo e estudar um conteúdo denso.

 

É nessa hora que temos a maldição do "eu não sabia".

"Não sabia que a política comercial era assim, que o pitch de vendas era aquele ou que o procedimento de segurança certo era outro."

 

Esse "não sabia" também vale para o escritório. Onde ninguém sabe ao certo o que acontece na linha de frente.

 

O que fazer para melhorar o resultado desses times? O que fazer para mostrar à diretoria que vale investir em treinamentos?

 

Vou te contar como acabar com o "eu não sabia".

 

E o segredo está na sua mesa ou no seu bolso neste exato momento. Porque se seus colaboradores não vão até o LMS, você pode finalmente alcançá-los.

 

Estou falando do WhatsApp.

Aprendizagem Conversacional pelo WhatsApp

Presente em 98% dos celulares no Brasil, o WhatsApp vem nos ajudando até mesmo a fazer compras.

Agora, os times de treinamento que saem na frente estão usando a Aprendizagem Conversacional para engajar, em média,  95% dos colaboradores.

 

Esse tipo de engajamento não existe com uma plataforma EaD, em computador ou celular. 

Com esse nível de adesão ao conteúdo, já ajudamos meio milhão de pessoas a aprenderem pelo WhatsApp. 

Conto aqui parte do segredo:

 

  • Conteúdos pílula e quizzes com correção automática : você consome aquele conteúdo em 5 minutos e faz um quiz para mostrar que aprendeu;

  • Áudios, vídeos e textos para reforçar ainda mais o aprendizado;

  • Gamificação, com pontuações e rankings, que tornam o aprendizado mais divertido;

  • Dashboards intuitivos, que nos ajudam a visualizar engajamento e aprendizado. Podendo segmentar por time, região e etc.

course-01.png

Como funciona e como faço para testar?

Clique no botão abaixo e batemos um papo. Explicaremos como micro-learning e gamificação podem ajudar nos seus treinamentos.


Estamos escolhendo a dedo empresas para esse início.


Queremos oferecer a melhor experiência enquanto começamos a abrir a tecnologia e o método para o mercado.

Já contamos com Stone, Cultura Inglesa, Fretebras, McDonalds e outros.

Se você já usa um LMS, não tem problema. A solução consegue ser complementar.

E se quiser experimentar um curso pelo WhatsApp, também só clicar abaixo.
 

basf.png
ftd.png
google.png
empiricus.png
culturainglesa.png